sexta-feira, 28 de abril de 2017

Pocket friendship. Carry it around

28.4.17

Há coisas que não são nada fáceis de fazer, e acreditem de quiserem, carteiras pequeninas em pele não são para mim nada simples. Sou demasiado exigente, talvez. Nunca fica perfeito. 
Mas há amigos para quem é fácil fazer coisas, não pela coisa em si, mas porque quase estás a ver o sorriso e o gesto de levar ao nariz para cheirar, como se fosse o cheiro de alguma coisa que não seja para comer, que faz a coisa bem feita.
Não levei 15 minutos, levei toda a manhã, entre sair para comprar a pele, fazer o molde, colar entretela, depois de escolher o jaipur (já repararam que estou obcecada por jaipur, certo?); mas, e todas as coisas tem um, agora está pronta. Com três divisões para papelinhos, notas e cartões, e, a certeza que a amizade é para se trazer perto, no bolso, à mão de semear.

Sem comentários:

Enviar um comentário